quarta-feira, 27 de maio de 2009

O sentido da vida...



Estive lendo um post da Cleo, do Blog Infinito Particular e me atentei na última frase: "Não espere pra ser feliz!"...

Fiquei pensando em quanta coisa boa a gente deixa de viver...

Em quantos momentos felizes passam, e a gente não aproveita, às vezes nem percebe que eles estão acontecendo... Mas estão, bem ali na nossa frente...

Ficamos esperando pela "tal felicidade", como se ela fosse uma coisa assim, bem grandiosa, bem palpável... Como se, quando ela fosse acontecer, os sinos tocassem, as trombetas anunciassem...

E, enquanto esperamos por esse ato solene, os momentos importantes e felizes vão passando na nossa vida!

Pois a felicidade está, na verdade, nas coisas mais simples, mas ao mesmo tempo tão essenciais!

Um dos segredos da vida, e que a torna bem melhor e mais gostosa de ser vivida é isso: saber aproveitar cada momento, porque ele é, REALMENTE, único!

Lembrei-me de um epsódio que me aconteceu há pouco tempo...

Estava num guichê de atendimento e, como sempre acontece, logo estava no maior papo com a atendente... Enquanto resolvia meu problema, ela me disse:

- Não me sinto muito bem... Estou com o corpo todo doendo! Briguei com meu marido ontem, por uma bobagem... Mas sou orgulhosa, não dou o braço a torcer! Então, quando fui dormir, me deitei bem no canto da cama! No canto mesmo, toda apertada! Algumas vezes ele tentou se aproximar, mas eu o repelia e me afastava ainda mais! Não tinha mais pra onde ir, até que ele desistiu... E dormiu profundamente! Eu, não... Fiquei acordada, remoendo a raiva... Acordei toda dolorida e ele já tinha saído. Pra ser sincera, nem me lembrava mais porque tinha brigado. Mas a dor no corpo está comigo até agora! Sabe de uma coisa? Eu deveria ter falado com ele ontem, na hora: "Estou chateada com isso, gostaria que não acontecesse mais. Mas não gosto de brigar com vc e não quero ficar com raiva"...

Eu sorri e disse:

- Quando chegar em casa hoje, diga isso a ele. Certamente vc dormirá bem melhor...

Achei interessante como ela mesma refletiu sobre o caso, sem que eu precisasse dizer nada!

Acho que sou uma pessoa bem feliz porque justamente não consigo ficar com raiva muito tempo. Geralmente, eu digo logo para a pessoa que estou incomodada com o que ela fez ou falou e daí a pouco já estou conversando com ela normalmente, sem raiva e sem rancor.

As pessoas ficam buscando em vão uma resposta, se perguntando qual é o sentido da vida...

Pois o verdadeiro sentido da vida é ser feliz!

Hélia

7 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem selinho nota 10 lá pra vc amiga.

beijooo

Navegante Del Alma disse...

Me encanta leer escritos en tu idioma, es bellísima su sonoridad.
Y me gusta como escribís.
Soy uno de tus seguidores y he venido a dejarte saludos y un beso.

Cleo disse...

Helinha, isso mesmo, o tempo de ser feliz é agora, neste exato momento, nunca esperar prá depois. Adorei o teu texto e gostei também do anterior onde dizes que és múltipla. eu gosto também de ser assim, múltipla, muitas faces, muitas fases, mas sempre única dentro de tudo.
Beijos com carinho e uma feliz tarde de quinta prá você.
Cleo

Helinha disse...

Ana...

Amei o selinho, vc é um encanto!

^^

Helinha disse...

Caro Navegante...

Escrevi um comentário no seu blog...

O sentimento é recíproco, amo a sonoridade do seu idioma também!! Muito lindo!!

Vc também escreve muito bem!!

Beijos!!

Helinha disse...

Cleo,

Ser múltipla não quer dizer não ser autêntica, ne? A essência permanece...

Sim, já percebi o quanto vc é única!!

^^

Beijos e uma ótima quinta!!

Mari disse...

Sim! As pessoas buscam incansavelmente pelo sentido da vida... E talvez o sentido desta é não ter sentido! hehe... Estamos acostumados com as respostas de todos os "por quês"... Mas talvez sobre a vida não há resposta!

:)

te amo, tia!