segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Descrição...



- Está com os olhos fechados? Mesmo, mesmo...?

A voz dela, suave e doce, preenchia todos os espaços e o seu coração também. Ela falava sorrindo.

Ele costumava dizer que ela tinha voz de estrelas. Quando disse pela primeira vez, ela riu (risos de estrelas também) e falou: “Mas estrelas não são mudas?”. E ele respondeu: “Acho que sim. Mas se falassem, tenho certeza que as vozes delas soariam luminosas, como a sua”.

- Sim, fechados mesmo... não estou enxergando nada... – ele respondeu, e era verdade.

- Promete? Jura, de dedinhos cruzados na boca?

- Não sou de jurar, mas se você pede, eu juro. – ele sorriu, achando encantador esse jeito dela, meigo e natural, de falar.

E ela sorriu também, porque amava aquele sorriso dele. Amava o jeito que ele tinha de deixá-la a vontade. E, mais que tudo, amava o modo como ele a fazia sentir-se única. Ele dizia: “Com você é diferente. Sempre foi”. Sim, ele era diferente com ela. Ele a fazia feliz.

- Então... é um conjuntinho, a camisola e a calcinha... – ela começou a descrição - A camisola é vermelha e curta, mais ou menos o suficiente pra cobrir o bumbum... ou quase! Na verdade, acho que não cobre tudo, não...

Em cima, nos ombros, as alças dela são duas fitas finas, de cetim.

Na parte que fica sobre os seios, ela é rendada, mas uma renda bem fina e discreta... Tem um pequeno decote...

Tem uma fitinha, mais fina que as fitas das alças, que permite apertar ou afrouxar a camisola sobre os seios e dar um laço... e a camisola desce se alargando, ficando mais larguinha até chegar no início das coxas... Ali, ela tem uma pequena abertura lateral... discreta, mas que aparece mais a cada pequeno movimento...

Mas do que eu mais gosto é da calcinha!

A calcinha é vermelha também, mas sem detalhes... É transparente.

Tem fitas nas laterais... que amarram, fazendo laços... e quando os laços são desamarrados, ela cai, bem delicadamente... ou então, dependendo da situação, os laços bem que podem ser tirados com um pouco mais de ousadia... com a boca... – ela riu seu riso de estrela mais uma vez, pensando na sensação da pele arrepiada, com a boca dele se encostando em seu corpo, desfazendo o laço. – Conseguiu imaginar...?

Imaginar, ele tinha imaginado. Até demais. Mas já era impossível se controlar. Abriu os olhos e a viu ali, inteira: cabelos, olhos, boca, pescoço, ombros, seios, curvas, braços, pernas, sorriso, renda, carmim esvoaçante, transparência, fitas, laços e estrelas.

Era melhor, muito melhor que qualquer coisa que ele pudesse imaginar. Era melhor que tudo que havia visto em todos os seus sonhos... nos quais esteve dormindo... ou acordado.

Era a visão do paraíso!

Seus olhos foram instantaneamente para as fitas vermelhas que prendiam a calcinha no corpo dela, dando um laço de cada lado. Quando ergueu os olhos, viu que ela abria a boca, dizendo suavemente num sorriso:

- Vem...

^^

Hélia

40 comentários:

Franzé disse...

A foto é tudo de bom
A descrição essencial
Eu fui...


Bjos menina linda

Pelos caminhos da vida. disse...

Perfeito!

Desejo uma ótima Semana!

Que cada dia seja repleto de muitas alegrias!

beijooo.

Flor disse...

Helinha cadé você eu vim aqui só pr'a te vé!! rsrsrsrsrsrsrsrsrsr

Que descrição quérrrrida!!

Você se desquitou de mim, não me escreve...
Tenho saudades!!!

Beijinhos
Flor

Ricardo Lopes. disse...

Amei, confesso que estou todo arrepiado e a excitação com a sutileza ousada é visível. Adorei querida!
Beijos.

FOTOS-SUSY disse...

OLA HELINHA, FANTASTICA POSTAGEM...QUE TENHAS UMA OPTIMA SEMANA!!!
BEIJOS COM AMIZADE,


SUSY

Marília_dosAnjos disse...

Sensibilíssimo... Amei.... Sensual

beijinhos amora =*

Lelli Ramz disse...

Linda!


Adorei.. estes dia estava lembrando quanto tempo faz q tá faltando paixão.. quanto tempo sem mim.. sem um vinho e uma camisola.. q delícia viver isso aqui.. aiai acho q vou comprar uma..


bjinhus, amores e estrelas
Lelli

Max Psycho disse...

Uau fiquei de pipizinho em pé hehehehehe, bjus gata

Fernanda disse...

Uiii...
Perfeito!!!!!
Adorei a imagem e a descrição!
=D

Adorei mesmooooooo!!!

ahhh... mudei de link, tah???
depois olha lá!!!
mas, o perfil é o mesmo!!!
ss
beijoksssss

Gente Fina disse...

Quando ela diz vem...ele suspira, enlouquece e vai.
Olhos semi-cerrados, entorpecidos de droga boa, sucumbido à loucura de uma diva sensual...ele vai.
Avassalado por inconteste fome de toques e gemidos...ele vai.
Tão trôpego e sôfrego de desejo, viril em sua mais pura forma...ele vai.
Cada reação dela a um toque dele, cada antevisão de seu corpo...faz com ele seja dela...puramente...ela é a dona, a imperatriz, e monarca absoluta...propriedade máxima e única de um mundo que dispensa títulos...mas que louva a vida!
Te adoro demais...

Alma inquieta disse...

Olá Helinha Linda!

Tu desapareces, mas quando reapareces vens com a inspiração a mil...!

Parabéns!
Muito lindo!

Um beijo enorme!

Magnun disse...

Bom dia,garota, amanheceu inspirada,hein?
linda postagem,estou de volta,
E´por essas e outras que gosto do vermelho.
Magnun,

c.a.r.l.u.s. disse...

que lindíssimo post

amei a maneira deliciosa como escrever

aliás, uma interessante dica para brincadeiras entre um casal;

bjos

Jonas B. Pereira disse...

Por vezes... a gente vê a imagem e depois de ler o texto, pensa...

" Que pena, daria um texto óptimo"

Outras vezes adoramos o texto e resmungamos...

" Porquê escolher aquela imagem? Que coisa."

Aqui...
Eu só posso dizer.
SIM.
SIM.

Tudo de bom para você.
Jonas

Ana Maria disse...

Foto linda e sensual.
Uma descrição fenomenal!
Beijinhos!

The Well disse...

Para que ser explícito se tudo é implícito a nós?! teu texto é como o vinho bom, q 1º se olha a cor, em seguida se sente o cheiro, depois se bebe; por último sente-se o prazer subir à alma... Sensibilidade tbm ao escolher a imagem. Eu só desejaria despetalar essa Florzinha...!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Uau!!!!Esta Helinha eu não conhecia...e é muito bom a ela ser apresentada!!!

Seu texto é como um filme,bem descrito e com os sentidos à flor da pele...simplesmente lindo,como o encontro deve ser!!!

Um beijo!

Sonia Regina.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Helinha!
Sensível, delicado, amei!
Vc é muito Linda, querida!
Beijos no coração,

Dalinha Catunda disse...

Olá Helinha,
A ilustração está belissima! o texto simplesmente divino.
Um abraço,
dalinha

Barbara disse...

Descreveu bem a situação-cena-enlace de laços e lacinhos.

Thomas Albuquerque disse...

sutil delicadeza...

Um delírio para os olhos mais sensíveis e apaixonados...

doce poesia...

▒▓█► JOTA ◄█▓▒ disse...

ººº
Essencialmente gostei da rosa

js disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joakim Antonio disse...

Falar o que, certos textos se elogiam sozinhos, eu me encontrei e ela se encontrou aqui, onde você nos deixou, como lindos personagens do seu texto!

Bjão

Pelos caminhos da vida. disse...

Helinha.


Um momento doce e cheio de significado para as nossas vidas.
É tempo de repensar valores, de ponderar sobre a vida e tudo que a cerca.
É momento de deixar nascer essa criança pura, inocente e cheia de esperança que mora dentro de nossos corações.
É sempre tempo de contemplar aquele menino pobre, que nasceu numa manjedoura, para nos fazer entender que o ser humano vale por aquilo que é e faz, e nunca por aquilo que possui.

Noite cristã, onde a alegria invade nossos corações trazendo a paz e a harmonia.

O Natal é um dia festivo e espero que o seu olhar possa estar voltado para uma festa maior, a festa do nascimento de Cristo dentro de seu coração.
Que neste Natal você e sua família sintam mais forte ainda o significado da palavra amor, que traga raios de luz que iluminem o seu caminho e transformem o seu coração a cada dia, fazendo que você viva sempre com muita felicidade.

Também é tempo de refazer planos, reconsiderar os equívocos e retomar o caminho para uma vida cada vez mais feliz.
Teremos outras 365 novas oportunidades de dizer à vida, que de fato queremos ser plenamente felizes.

Que queremos viver cada dia, cada hora e cada minuto em sua plenitude, como se fosse o último.
Que queremos renovação e buscaremos os grandes milagres da vida a cada instante.
Todo Ano Novo é hora de renascer, de florescer, de viver de novo.
Aproveite este ano que está chegando para realizar todos os seus sonhos!

FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO.

beijooo.

Cleo disse...

Oi Helinha! quanto tempo não te visito, menina, show o teu conto. adorei "voz de estrelas".
Um Feliz Natal prá ti e familia.
Beijos no coração.
Cleo

Flor disse...

Helinha Querida!!!

Os meus desejos é que vocé tenha um Feliz Natal com muito Amor, muita Paz, muita tranquilidade ju nto dos seus filhos e de sua Familia!!!!

Muitos beijinhos e muitos abracinhos!!

Flor

Alma inquieta disse...

Olá Helinha!

Que neste Natal, nem que seja por um momento, as pessoas acreditem que vale a pena transformar cada lágrima num sorriso, a amargura em alegria e cada coração numa casa aberta para receber a todos, especialmente os mais frágeis.
Então sim, vale a pena viver um Ano Novo!

Feliz Natal junto dos que mais amas, com muita Saúde, e uma vida cheia de pequenos momentos…!

Um beijo!

ALMA INQUIETA

Austeriana disse...

Boas Festas, Helinha!
Espero que esteja tudo bem consigo!
Abraço!

Stella Tavares disse...

Querida Helinha
Passei por aqui para me encantar com as postagens e para convidá-la a conhecer o livro virtual que dediquei a todos os leitores, amigos, seguidores.Passa lá no manual pra conhcer.
Desejo a você e toda a família um 2010 repleto das mais doces, importantes realizações. Que ele seja vivido com muita paz e saúde.
Feliz 2010!
Bjs

São disse...

Vim para lhe desejar felizes Festas e um 2010 com saúde e amor junto aos seus.

Abraço-a.

Candinho Anjo disse...

Boa tarde Helinha.

Juro que só prestei atenção na flor
ou no botão em flor.

Estamos em contagem regressiva. Que venha 2010 com seus desafios. Se ficarmos unidos venceremos todos.

Ano Novo de novo!

Levanto os olhos para o céu,
espírito em prece sentida, busca em
pensamento conectar-se com o Poder
Maior do mundo... No redemoinho de
tantas vidas passadas, tantos novos anos sucederam-se... Quantos mais ainda, paraque a tão almejada paz aconteça... No alforje
da vida, daqui a instantes adicionaremos mais um ano novo em nosso viver, que seja próspero,
que seja fértil, que seja bençoado, que seja de paz.

Para você um novo ano
repleto de paz e felicidades.

Candinho Anjo

Beijos.

Robs disse...

Oi amiga... que texto perfeito, adorei...

Amora querida... estou passando em seu cantinho para lhe desejar um Feliz Ano Novo... com mto amor...

Que Deus te abençoe sempre...

Um beijoo! =)

Codinome Beija-Flor disse...

Helinha,
Um 2010 de muita paz, amor e saúde.
Bjs

Codinome Beija-Flor disse...

Helinha,
Um 2010 de muita paz, amor e saúde.
Bjs

Codinome Beija-Flor disse...

Helinha,
Um 2010 de muita paz, amor e saúde.
Bjs

Ricardo Lopes. disse...

1º Depois de defecar, fico olhando para as fezes.
2º Arranco as unhas quando estou ansioso, ou mesmo em momentos calmos.
3º Só gosto de sair com meu sapatos fechados, pois acho o meu pé horrível.
4º Abro a geladeira sem motivos.
5º Adoro falar no celular embaixo do chuveiro. (Claro que com a cabeça fora da água)

Estou fazendo um desafio: Escolho 5 bloqueiros de minha lista e peço que digite 5 manias bem peculiares e em seguida o blogueiro (a) escolhido também indica 5 seguidores.
Parabéns, pois te escolhi com parte deste desafio.

MEUS PENSAMENTOS disse...

lindo ,helinha surpreendente!

José Ribamar Marques disse...

Lí ontem mesmo, e me maravilhei, não saberia usar palavras para exprimir a beleza contextual deste post. Somente a espíritos elevados Deus dá o dom da poesia, e a você,bela moça, ele o deu em quantidade e qualidade. Voltei para relê-los, e não me contive, e deixei estas palavras, simples, mas que expressam toda a admiração por você e pelos seus relatos...
Beijos.....

Tatiana Kielberman disse...

"Mas estrelas não são mudas?. E ele respondeu: Acho que sim. Mas se falassem, tenho certeza que as vozes delas soariam luminosas, como a sua."

A voz do coração fala mais suave à alma do que qualquer descrição... As vontades são potentes e tornam velozes os nossos anseios!

Adorei!

Beijos, com carinho!