domingo, 22 de novembro de 2009

Meros detalhes...


Ontem, andando no meu bairro, vi uma cena encantadora...

Um casal caminhava bem a minha frente. Eu os conheço, “de vista”. São casados e vivem sozinhos (os filhos moram em outros bairros). Ambos têm, certamente, mais de 60 anos. Caminhavam de mãos dadas. Carregavam umas sacolas da padaria, a impressão que dava era de que saíram para comprar pães para o lanche da tarde. De repente, quando passavam diante de uma casa fechada e com anúncio de “Vende-se”, a senhora parou e apontou para algo. Olhei: ela apontava para uma roseira. A roseira estava linda! Muitas rosas, e todas muito bonitas!

A senhora colocou a mão no rosto, encantada! O senhor, então, parecia ter rejuvenescido 50 anos! Como um rapazinho, deu um pulo, subiu em uma parte da grade que cercava a casa, esticou-se todo, pegou uma rosa (escolheu uma linda!) e ofereceu-a à sua amada!

Fiquei parada, sorrindo, vendo os dois se afastarem de mãos dadas...

Pensei, então, no que é necessário para se conquistar alguém... Para ME conquistar! E para manter essa conquista. Não é tanta coisa, nem nada inatingível. Não é preciso bradar a plenos pulmões, nem jogar pétalas de helicóptero, nem escrever em outdoors... Não é isso que quero! Desejo, antes, as sutilezas... aprecio os gestos simples... dou importância aos detalhes...

Um sorriso que, eu sei, é especial para mim... uma alegria indisfarçada na voz ao falar comigo... um presente, não pelo valor material, mas pela lembrança... um recado deixado no meio da tarde, ou da noite, da manhã, da madrugada... um telefonema inesperado, ou o esperado ansiosamente... uma abraço na hora certa e do jeito certo... um “olha só, vi isso aqui e lembrei de você!”... o simples fato de saber que a pessoa, em um momento do seu dia, lembrou-se de mim! E de uma forma única e especial! Com carinho...

Ah, o carinho! Expresso de várias formas, em vários gestos! E junto com o carinho, respeito, admiração, desejo (se for o caso...), ternura, afeto...

Sim... São os detalhes que fazem mesmo a diferença... Tanto para me aproximar quanto para me afastar de alguém... Pois é também, muitas vezes, nos detalhes (de desatenção ou desrespeito, ou tantos “des...”) que se perde alguém! E não falo só da relação homem-mulher. Falo de todas: de amizade, amor, namoro, casamento, o que seja!

Ofereço então, como pequeno gesto de carinho, essa rosa amarela da imagem que ilustra esse post... Rosa não roubada através da grade de um jardim, mas cedida gentilmente (pois gentileza é característica dele...) pelo (muito!) querido LF, ou @only_LF. Ah! Ele tem uma maravilhosa galeria de fotos no Flickr (clique em "LF" para conhecer o blog dele; em "only_LF para encontrá-lo no twitter e em "Flickr" para apreciar suas fotos!!)!! Ele é um mestre na sensibilidade em capturar os detalhes, com sua câmera... e acredito também que com seu coração!! Vale a pena conferir as fotos, lindas, que ele publica lá!

E quero dizer a VOCÊ, que está lendo esse texto agora – e sabe bem que me dirijo a você – que seus gestos de carinho têm me conquistado a cada dia, em cada detalhe... sutilmente!!

^^

Hélia

27 comentários:

Tempestade disse...

Sim! São os pequenos gestos que nos cativam,nada grandioso em termos de tamanho me faz sentir tão bem quanto as pequenas coisas (que pra mim são grandes) que você citou.
Linda flor mesmo.
Beijos Tempestuosos!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá , minha Linda!
Que saudades, Menina!
Estive 1 vez você não estava
Estive 2 vezes você não estava
Estive 3 vezes deixei 1 recado
Que bom receber a sua visita!
Melhor vir aqui e ser recebida/presenteada com esse lindo texto e a rosa amarela cor de todo amor
Alimento de tudo
Digo aqui o que todos querem dizer
Helinha, você é um amor!
Muito obrigada
Beijos Paz Luz Amor Sempre

Max Psycho disse...

que texto bonito ein baby, como sempre manipula muito bem as palavras, bju grande meu anjo

Fernanda disse...

Oi He...
^^
Tudo bem????
Minina... um homem me conquista se fizer isso pra mim!
sério!
são pequenos detalhes que me fazem me sentir especial!
sabe?!??
Quero um amor assim p mim!!!
hhehehehehhhehehhe
=D
beijinhusssssssssss

Vivian disse...

...que texto maravilhoso
retratando cenas que quase
não mais se vê por aí.

o romantismo duradouro
nos casais da terceira
idade deveria servir
de exemplo para esta
juventude que não entende
de amor, e sim de ilusão.

e de pequenos detalhes
são poucos os que se
ligam diante desta
vida louca.

deixo bj procê!

Pelos caminhos da vida. disse...

Um olhar...

Um sorriso...

Me encantam...

beijooo.

Franzé Oliveira disse...

Belo texto.
Uma bela cena.
Um momento único.
Meros detalhes...

Bjos menina.

Robs disse...

Oi amora!

Que texto lindo, encantador...

Vc tem razão, sao os detalhes que fazem a diferença... sao os detalhes que conquistam...

Sabio quem faz de detalhes grandes momentos! Um beijo lindaa...

Adoro vc demais! =)

Rosi disse...

Puxa, estava com saudades!!!!

Andréia A disse...

Lindooooooooooo isso..
São os detalhes... os bem pequeninos detalhes que nos fazem sentir amada.
Encontrei isso graças a Deus e desejo muita saude , muito amor e sempre pequenos gestos a nós dois.
Adorei o texto flor!!

beijos com carinho

neide disse...

Helinha, saudades de você... não conseguia comentar.. que bom que agora está tudo bem.

Boa semana querida.

Bjsss

Martinha disse...

Lindo, lindo. A vida é feita de pequenos grandes nadas como este. São os que recordamos mais.

Magnun disse...

Oi Helinha,fiquei um tempo fora, já estava com saudades dos meus amigos do blog.
li seu texto, achei lindo,
abraços,Magnun, aquele que vai,
mas sempre volta.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Que bom encontrá-la novamente!!

Belo post!

A vida em todas as suas áreas se mostra nos detalhes...

Gostei demais da história e da reflexão!

Um beijo carinhoso!

Sonia Regina.

Flor disse...

Helinha de Deus!!!!! Há quanto tempo querida!

Gostei de ler o seu texto, penso como você. Os pequenos gestos, são os verdadeiro e os mais sentidos, disso eu não tenho dúvida!!
Estou a espera de você, a chave esta na porta faça-se de casa jajajaja

Muitos beijinhos e muitos cariñitos!

Flor

▒▓█► JOTA ◄█▓▒ disse...

ººº
... e se a fotografia é tua, tá muito linda.


Beijos

MEUS PENSAMENTOS disse...

AI HELINHA QUE DELICIA ESTA ESTORIA VOU CONHECER O BLOG INDICADO BJINHOS AMIGA!

The Well disse...

Amei, simples assim!

O Profeta disse...

Porque será que os pássaros
Cantam na partida do dia
Porque será que um amante ausente
Fica de alma apertada, vazia?

Porque será que as ondas lamentam
Em sussuros de sal no areal
Porque será que as rezas são feitas
Para correr para o longe o perverso mal?


Boa semana


Doce beijo

c.a.r.l.u.s. disse...

lindo texto;

li o "sutilmente avassalador" e fiquei encantado; belíssimo!

bjos

Austeriana disse...

Lindíssima esta história. A vida faz-se, de facto de pequenos gestos a que, muitas vezes distraídos, não damos o justo valor.
Um beijinho e welcome back!:)

Ana Maria disse...

Um texto maravilhoso, mostrando gestos lindos.
Beijinhos amiga!

Stella Tavares disse...

As pequenas coisas, pequenos gestos e sua extrema importância e encantamento. Belo post! Parabéns, amiga.
Bjs

Paulo Tamburro disse...

Seu blog é realmente muito bom.

É a evidente comprovação que muita coisa boa, existe.

Voltarei sempre .

É com gente como você que nós vamos aprendendo, cada dia um pouquinho mais.


Na oportunidade estou lhe convidando para conhecer também, meu blog :HUMOR EM TEXTO.

É de humor e de ...graça!!! (rs)

Um abração carioca.

Dom Marcelon disse...

Parabéns pelo titulo Flamenguista, bjus

a essência da vida disse...

''Parabens Helinha!!!
avassaladora"essa sena que você o
fragou e pois por escrito fiquei encantado; belíssimo! texto.
Eu tambem sou um pouco asim como
você costumo observar esses detales
''Que Deus te crubra com muita luz
e continue postando esses encantos maravolhoso.... um grande Abraço

Ademir Alves

Tatiana Kielberman disse...

Meros detalhes não são apenas detalhes... eles fazem toda a diferença e trazem sentido à vida!

Assim como você, observo muito mais esses gestos de carinho entre pessoas de mais idade... É lindo de se ver!

Acho que, hoje em dia, nos faltam valores essenciais que, antigamente, eram muito mais presentes!

Carinho, atenção, afeto... quem não precisa?

Linda reflexão!!

Beijos, amada Helinha!