domingo, 20 de setembro de 2009

Para você, com carinho...


“Você cresceu em mim de um jeito completamente insuspeitado, assim como se você fosse apenas uma semente e eu plantasse você esperando ver uma plantinha qualquer, pequena, rala, uma avenca, talvez samambaia, no máximo uma roseira...

É, não estou sendo agressivo não, esperava de você apenas coisas assim, avenca, samambaia, roseira... Mas nunca, em nenhum momento essa coisa enorme que me obrigou a abrir todas as janelas, e depois as portas, e pouco a pouco derrubar todas as paredes e arrancar o telhado para que você crescesse livremente...”
(Caio Fernando Abreu)

Algumas pessoas nos fazem bem isso mesmo: nos surpreendem, com a dimensão que tomam em nossas vidas... Chegam de mansinho e vão se tornando tão especiais! Muito mais do que poderíamos supor...

De certa forma, isso aconteceu comigo aqui, com algumas pessoas que conheci através do blog... Às vezes me pego pensando: como foi mesmo? Eu cheguei primeiro ao blog dele/dela? Através de que ou de quem? Ou foi ele/ela que me encontrou antes?...

Na verdade, isso não importa muito. Não importa muito como começou, mas importa demais o rumo que tomou... Importa que essas pessoas foram chegando e tomando conta do meu coração... que teve que crescer, se alargar... e dar espaço para que elas crescessem também! E se sentissem livres dentro dele...

Porque eu, realmente, não consigo conceber uma forma de amor que não seja repleta de liberdade!

Este post é para vocês, meus queridos, que me fazem tão bem! Que são livres para ir e vir, e sabendo que cada retorno é para mim uma alegria imensa... E que sempre estarei esperando (como sei, feliz, que sou esperada)!

E eu tenho certeza de que cada um de vocês se reconhecerá nessas minhas palavras e nas palavras do Caio Fernando Abreu...

^^

Hélia


P.S: Agradeço demais os comentários carinhosos, alguns preocupados, enquanto estive ausente do blog por 10 dias! Estou bem, foi só correria diária mesmo, e a minha mania de querer escrever demais nos comentários... Como sabia que só daria para comentar um ou outro blog (e deixaria muitos sem comentar...), acabei não postando nem comentando nada! Mas vou me organizando (já falei que sou desorganizada com meu tempo, ne??)... Nessa semana postarei sobre uns presentes lindos que recebi da Austeriana, da Rosi e da !! Para dividir com vocês!! Beijos!!

28 comentários:

Alma inquieta disse...

Helinha,

Ainda bem que voltaste e apaziguaste a minha preocupação.
Que bom que foi só correria e desorganização!
Tudo bem com as crianças?
ESPERO QUE NÃO DESAPAREÇAS MAIS, ASSIM TANTO TEMPO!

Um beijo minha querida!

Flor disse...

Helinha, leste o meu comentário não foi?
Ainda bem que está tudo bem com você querida.

Beijos,beijos
Flor (vermelha)

Alvaro Oliveira disse...

Olá Helinha

Realmente sempre que entrava em seu espaço, me surpreendia com
com a falta de novos posts. Mas
como estou por cá há relativamente pouco tempo, não estava ainda conhecendo seus hábitos. Agora já
entendi esta ausência.Bom regresso.

Adorei sua postagem em especial as
palavras dirigidas aos amigos.

Lhe desejo um bom Domingo.

Beijinhos

Alvaro

Luiz Caio disse...

Oi Helinha!

Que doce postagem!
O carinho que recebes, é
só porquê você merece!
Eu me encontrei sim em suas palavras! Mas saiba que nada acontece por acaso... Você, e cada um de nós, é quem faz a diferênça!

VOCÊ É UM AMOR DE PESSOA!

TENHA UMA LINDA TARDE DE DOMINGO!

Beijos.

Austeriana disse...

Helinha,
O que é preciso é que esteja tudo bem consigo e com os seus.
A blogosfera é um espaço de liberdade. Por isso, respeitamos o tempo de cada um. Já bem basta toda a "lufa-lufa" do dia-adia. Como diz o Paul Auster, "In my own time."
Fico contente por estar tudo bem!
Um beijinho.

Alvaro Oliveira disse...

Amiga Helinha

Muito grato pelos seus comentários em meu blog.

Não posso passar sem lhe manifestar
a minha surpresa, quando neste momento, percorrendo todo este seu espaço, constatei nâo encontrar aqui, os selos referentes às 3000
visitas ao meu perfil , bem como
o selo e bolo do 1º aniversário
de meu blog. Fiquei triste.
Porque não os recolheu? não gostou?
Me desculpe esta observação.

Beijinhos

Alvaro

João Olavo-Traços de um homem disse...

È moça vc sumiu..eu tambem a tempos nao ando para blog..só os amigos fazem falta..
Beijão bom final de domingo

Ana Maria disse...

Amiga, todos nós temos essa correria.
Mas o importante é que podemos correr.
Um grande beijo no seu coração.

Janeth disse...

Gracias a ti por estas palabras tan bonitas mi querida Helinha, es un placer leer tus post me reconforta el alma,....Lo divino no es algo lejano y por encima de nosotros.
Está en el cielo, está en la tierra, está dentro de nosotros.

Max Psycho disse...

Meu anjo vc me surpreende a cada dia, com este seu jeito carinhoso de ser, com esta sua beleza, com esta sua bondade, te amo mais que a minha musica, pode ter certeza, bjus e ótima semana

Gente Fina disse...

Algumas pessoas crescem, florescem, ocupam espaços imensos...você vem se aninhando em meu coração...germinando, acupando os cantos...um beijo pra você minha linda.

Rosi disse...

Desculpo a ausência em virtude dos comentários lá do blog. São sempre bem-vindos, minha flor.

Ah, sobre o selinho, vc merece. Esse espaço é ótimo.

ótima semana para vc

Blogadinha disse...

Quantas vezes a memória é bem mais eficiente e de salutar do que uma presença física e permanente...

Bom de ler o teu carinho.
E na saudade tão honesta.

Que continues sempre assim!

Bjo e votos de boa semana

Sandra disse...

Lindo poema Amiga.
Fiquei muito feliz com a sua visita.


VIM AGRADECER A SUA VISITA E CONVIDAR PARA...
Amanhã, 22 de setembro, conto com a sua presença na CURIOSA, para comemomorarmos juntos esta data, tão importante para mim.
Pode vim. TE ESPERO.
Vai ser uma linda FESTA.
O CONVITE convite está feito.
DATA: 22.de setembro.
LOCAL::BLOG DA CURIOSA.

COM MUITO CARINHO.
SANDRA

Manoel José de Santana(Manoel Limoeiro) disse...

Obrigado querida por me seguir. Seu blog é nota 10. Beijos

Uma Mulher de Fases disse...

Olá Helinha, agradeço o comentário sobre a minha carta!
Fiquei pensando no que disse, sobre retrocedermos ao invés de envelhecermos, mas daí penso:E meus filhos? não consigo imaginar um mundo sem o sorriso e todas as traquinagens dos meus pequenos!
Beijos!!

Dalinha Catunda disse...

Olá Helinha,
Você é essencial para os blogs. Seu sorriso é visto através de suas palavras.
Também não sei se eu fui ou se você veio. O que sei é que nos achamos e adoro sua companhia.
Beijos,
Dalinha

Max Psycho disse...

eu te amo e vou gritar pra todo mundo, ter vc é meu desejo de viver

Andreia disse...

Helinha, você é tão encantadora! Obrigada por esta linda homenagem, mas quero mesmo é agradecer as palavras tão ternas deixadas em minha útima postagem, Uma carta para mim. Você me emociona com tanto carinho e o teu me querer bem. Eu me encantei e gostei de você desde que entrei aqui pela primeira vez, és tão meiga e tens sentimentos e pensamentos tão nobres, que me identifiquei na hora!
Eu não entrei em muitos detalhes com os problemas que tive com minha mãe, mas foram de uma extensão que as vezes vai além da minha compreensão. As vezes eu acho que entendo um por cento de todo mal que ela me causou e desejou. A verdade é que eu não entendia quando criança e entendo menos ainda agora que sou adulta e principalmente porque sou mãe.
As vezes perdemos a cabeça e batemos em nossos filhos, brigamos, chamamos atenção e as vezes até dizemos coisas que magoam e que nos arrependemos de ter dito, quase que imediatamente, mas tudo isto fazemos dentro de certos limites, não consigo explicar bem, fazemos com amor, é acho que é isto. Apesar dos erros, porque erramos como pais todos os dias, não somos perfeitos, erramos tentando acertar, porque queremos o melhor para eles. Tudo que fazemos é com muito amor e estas atitudes não fazem mal a eles, não causam dano.
O que mais me entristece, não são as surras e atitudes, mas sim as palavras acompanhadas de um olhar de fúria e sem nem um vestígio de amor. Ai, Ai, estou em lágrimas.
Fazia muito tempo que eu não pensava nisto e esta carta mexeu comigo, mas me fez bem exorcizar os fantasmas. O importante é que apesar de tudo eu venci, me transformei em uma pessoas de bom coração e sentimentos e isto me conforta.
Eu realmente amei ter conhecido você e se o mundo tivesse mais Helinhas ele com certeza seria mil vezes melhor!
Beijos neste teu lindo coração...

Max Psycho disse...

bju enorme de grande e gigantesco

Alma inquieta disse...

Olá Helinha querida!

Olha a promessa...!

Beijos de Portugal, Amiga!

Andréia Santana disse...

Lindo poema!!!

Quero te convidar a conhecer meu espaço na web; é um blog que fala de tudo um pouco do nosso universo feminino... e se GOSTAR de meu blog, ficarei muito feliz em tê-la como seguidora em minha caixinha de seguidores; e também me tornarei seguidora de seu cantinho.
Aguardo sua visita.

Bjks e tenha um ótimo final de semana.
Andréia Santana
www.andreiasantana.com

Fernanda disse...

Adorei o texto...

Concordo... não importa como nem qdo as pessoas começaram a fazer parte da nossa vida, mas sim, o que elas fizeram para nós e conosco!
=D

Adorei... bom fim de semana!!!
=****

Lelli Ramz disse...

Olá querida!!!

Amo qnd as pessoas me surpreendem positivamente.. vc eh uma delas!!!

amando t conhecer

bjinhus, amizades e voltas

Lelli

Marcio disse...

Oi Hélia!
Muito bonito seu blog!
Um local recheado de amor em palavras!
Forte abraço!
Marcio Portal

Franzé Oliveira disse...

Verifique seu ponto vista
Verifique a verdade de suas verdades
Reexamine aquilo em que acredita
Acreditar em algo não significa necessariamente que é verdade
Seguir regras pode ser mais fácil do que ser livre
Mas as regras nunca lhe dará respostas para as dúvidas do coração
Não procure regras
Procure seguir seus próprios passos
Isso sim é liberdade

Tamiris disse...

Nada melhor que Caio Fernando Abreu para descrever certas situações...

bjos

Kiane disse...

Parabens amiga seu blog está perfeito!!!
bj te adoro!!!
Fique com Deus.