sexta-feira, 31 de julho de 2009

Então o amor é isso...


"Eu nunca tinha reparado como é curioso um laço...

Uma fita dando voltas? Se enrosca...

Mas não se embola, vira, revira, circula e pronto:

Está dado o laço.

É assim que é o abraço: coração com coração,

Tudo isso cercado de braço.

É assim que é o laço: um abraço no presente, no cabelo,

No vestido, em qualquer coisa onde o faço.

E quando puxo uma ponta, o que é que acontece?

Vai escorregando...

Devagarinho, desmancha, desfaz o abraço.

Solta o presente, o cabelo, fica solto no vestido.

E na fita, que curioso, não faltou nem um pedaço.

Ah! Então é assim o amor, a amizade...

Tudo que é sentimento?

Como um pedaço de fita?

Enrosca, segura um pouquinho,

Mas pode se desfazer a qualquer hora,

Deixando livre as duas bandas do laço.

Por isso é que se diz: laço afetivo, laço de amizade.

E quando alguém briga, então se diz - romperam-se os laços.

E saem as duas partes, igual a meus pedaços de fita,

sem perder nenhum pedaço.

Então o amor é isso...

Não prende, não escraviza, não aperta, não sufoca.

Porque quando vira nó, já deixou de ser um laço!"



Não sei de quem é este texto...

É antigo, quer dizer, eu o recebi há muito tempo por email - não constava autoria -, e gostei, à primeira vista. Ou primeira lida!

Creio que muita gente já o conhece... Mas coisa boa sempre é gostoso ver de novo (ou ler de novo, ou fazer, ou comer, ou sentir...)!!

O que acontece é que o último texto que postei aqui - a pipa e a flor - me fez lembrar este...

Porque é impressionante como a gente, muitas vezes, é tão inteligente e racional pra tanta coisa e tantas situações, e não consegue ser assim quando o assunto é o amor!! Não consegue ser prático e objetivo! Você ama a pessoa e a quer, de todo jeito... Nem é que você está cego, na verdade você sabe muito bem que as atitudes da pessoa com você não são o que deveriam ser (ou o que você gostaria que fossem)!! E você não consegue se afastar facilmente, mesmo quando percebe que aquele amor já não te faz bem... que aquele amor já não é mais laço, mas um nó, que te sufoca! Mesmo quando os momentos de angústia são tão mais frequentes que os momentos de felicidade... Deve ser porque não se racionaliza o amor, ne?

Mas, como eu já disse em vários comentários em blogs amigos, especialmente no blog do Lucas ( http://galdes.blogspot.com/ - VISITE O BLOG DELE, É UM ENCANTO, VALE A PENA!), o bom disso, como em quase tudo que nos faz sofrer na vida, é o aprendizado, o crescimento... e o fato de você realmente valorizar quando encontra alguém que tenha você porque te ama e te merece. E que não te prende. Mas te tem em um laço que, ao mesmo tempo que te envolve, te dá tanto espaço que você não quer, de jeito nenhum, sair! É aí que vc diz: "Ah, então o amor é isso!"...

Pois então...

Desejo a vocês, meus queridos,

Lindos laços, muito bem dados

E deliciosos abraços, bem apertados!

^^

Hélia

28 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA HELINHA, MARAVILHOSO TEXTO/POÉTICO... FICO FASCINADA COM AS TUAS SUBLIMES PALAVRAS... ABRAÇO-TE COM MUITO CARINHO,
FERNANDINHA

Janeth disse...

Helinha amiga querida, que hermosura de texto y poesia, es muy lindo leerte y aprender de ti, la voz del corazon es tan fuerte....
Miles de besos
Janeth

NEUSINHA GADELHA disse...

OI HELINHA AMEI SU BLOG LINDO TEXTO SOBRE LAÇOS!
REALMENTE O VERDADEIRO AMOR NÃO SE PRENDE BASTA QUE EXISTIRMOS!
TAMBÉM NÃO COBRA, OBRIGA, OU SUFOCA
O VERDADEIRO AMOR AS COISA ACONTECEM NATURALMENTE COM TRANQUILIDADE!

Déia Arakaki disse...

Oi lindaaaaaaaaaa eu ja conhecia o texto e confesso que procurava e nao o achava mais..
Foi lindo reler ele aqui adorei...

Linda um exelente final de semana viu!!

beijoss

Lucas disse...

"O coração segue razões que a própria razão desconhece" por isso que às vezes a melhor forma de se amar é sendo ingênuo como uma criança que não precisa de "porques" para sorrir...
Quem muito pensa nada faz, quem procura explicação não ama... isso do laço é vdd!! amei

bjxxx hehe obrigado por me citar

Intimo e Pessoal disse...

Olá, Helinha. Passei no blog en-cantos coletivo das amigas Marcia e Ana e li seu comentário e.... aqui estou para te conhecer. Amei o texto do laço e quero publicar no meu blog logo, logo. Tudo que´ é bom eu copio...rs. Sou sua seguidora desde já.

Beijocas
Adriana

Max Psycho disse...

minha parte eu quero em cerveja ta

Max Psycho disse...

não asou adepto de demonstração de carinhos

Luiz Caio disse...

Oi Helinha! Boa noite!

O amor é isso, o amor é aquilo... O amor é tudo!

VOCÊ ILUMINA HELINHA!... SEM DÚVIDAS, ILUMINA!

TENHA UM LINDO FINAL DE SEMANA!

BEIJOS

neide disse...

Helinha querida, amei esse texto...
É isso mesmo, o amor de verdade não sufoca, te prende gostoso e ao mesmo tempo deixe livre como um laço... e desse, ninguém quer se soltar.

Feliz final de semana.

Bjsss

Simplesmente, RÔ! disse...

concordo muito, muito:
como é bom se envolver num laço de abraço... aiaia...
E sabe que, conforme comentamos querida, o telefonema que chegou primeiro foi o que eu mais ansiava.. quando ouvi aquela voz lembrei de você.. ahaha... da nossa conversa...
E é "vero"... "amor é isso"... porem... não é "só isso..."

Adoro vc e agora vou direto visitar o blog do Lucas.. fiquei curiosa!!! Bjo no teu coração e uma delícia de final de semana p vc e p todos...

Austeriana disse...

Já conhecia este belo texto mas adorei reler e a ligação com as imagens é fantástica.
Parabéns simpática Helinha! Fique bem!

São disse...

Gostei, sim. Mas virei com mais tempo.
Beijinhos, linda.

Sandra disse...

Vou te coletivo e vc
http://sandrarandrade7.blogspot.com/
te espero lá
Sandra

Cadinho RoCo disse...

O enlace do abraço é mágico.
Cadinho RoCo

MEUS PENSAMENTOS disse...

nossa amigsa o seuu comentario sobre o texto ta lindo !
amei td,um bjão pra vc!

Martinha disse...

Sempre um doce!

Fernanda disse...

Afffff..
Oh He... Tudo que esta relacionado a amor eu to abolindo da minha vida no momento...
rsrsrs!
é uma fase...
quero apenas não pensar nisso por enquanto...
meu coração ainda tah maxucado! =(
beijinhussssss

Olavo disse...

Passando para convidar vc a participar da nova brincadeira lá no blog...contamos com vc.
Abraço

Intimo e Pessoal disse...

Boa noite, Helinha, quero convidá-la para ir ao meu blog conhecer a poesia do meu amigo Alvaro. É um poema do seu primeiro livro publicado. Aguardo seu comentário.

Beijinhos e ótima semana

Adriana

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Também recebi este texto em e-mail e me encantei.No entanto você lhe deu um toque todo seu,colocou nele a sua personalidade!!!

Assim se deve fazer com tudo na vida...colocar o nosso modo de ser!!!

Tento ser sua seguidora mas a página não abre!!!Qualquer hora eu consigo,coisas do Google!!!

Beijos!!!

Sonia Regina.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Consegui!!!Agora estou lhe seguindo!!

Tem selinho comemorativo lá nos meus"Gritos",para você!

beijo!!Sonia Regina.

Ana Maria disse...

Uma fascinação!
Texto bem reflexivo.
Tenha uma noite com sonhos realizáveis.
Beijinhos!

Andreia disse...

Olá Helinha que linda tua maneira de ver os sentimentos!
Os laços são o que realmente simbolizam toda relação e quando passa a ser nó já é uma prisão e escravidão. Gosto muito dos teus textos e pensamentos, pois eles refletem teu interior que é simplismente lindo!!!
Beijinhos para ti...

Cleo disse...

Que lindo o texto Helinha, eu tbm já o tinha lido, mas com certeza sempre vale à pena relê-lo.

"O amor é um caminho que transitamos atrelados a outra mão que necessita estar conosco porque nos ama."
tbm não sei autoria, mas lembrei deste pensamento lendo o teu texto.

Uma feliz quarta, meu coração abraça o teu coração.

Cleo

Lubotega disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lubotega disse...

este texto é do Mario Quintana! lindo nao é mesmo?!

Fernando A. P. Silva disse...

Concordo cm o Lubotega: disseram-me que realmente é do Mário Quintana.

Mas preciso saber onde e quando foi publicado, para ter certeza.

O problema é que MENTE-SE MUITO NA INTERNET.