domingo, 6 de setembro de 2009

Um pouco mais de mim... mas não tudo!!



Escuta: eu te deixo ser. Deixa-me ser, então. (Clarice Lispector)


Gosto de conversar. Sobre tudo, com todas as pessoas. Quase sempre tenho opinião sobre um assunto. Se não tenho, é porque o desconheço ou ele (o assunto) não me interessa muito. Na primeira hipótese, faço perguntas e fico atenta a quem fala sobre ele. Na segunda, apenas deixo que a pessoa fale, sem procurar aprender. Ao menos ela fica feliz em ser ouvida. E eu gosto de ouvir também. Mas se a pessoa fala besteira demais, mudo de assunto.

Sou atenciosa por natureza. Gosto de dar atenção, me faz bem. Gosto de tratar as pessoas bem e realmente me preocupo com os problemas delas. Não finjo. Às vezes algumas pessoas confundem essa atenção com flerte. Normalmente não é. Mas algumas vezes é, ou foi. A pessoa vai saber se perguntar. Só que ninguém nunca pergunta...

Sou prestativa e gosto de ajudar. Não me controlo, é mais forte que eu. Se não posso ajudar diretamente, procuro alguém que possa. Mas não para receber recompensas ou ganhar elogios. Sou tímida com elogios. E tenho medo de alguns, como por exemplo, “boazinha”. Aliás, nem acho que seja elogio. Mas alguns elogios são muito gostosos de ouvir.

Adoro demonstrações de afeto. Sinto falta quando elas não acontecem, em qualquer relação: namoro, casamento, amizade... Acho que elas estão para os relacionamentos assim como a água está para as plantas.

Faço qualquer coisa pelos meus filhos. Aprendi a extensão verdadeira da palavra “amor” com eles. Depois deles, continuo tendo outros amores, sorrindo ou chorando com eles. Mas não fico mais sofrendo por quem não merece. Tenho outras prioridades.

Isso não acontece só com os homens: eu também penso em sexo durante muitas horas do meu dia. Muitas mesmo. Não em todas, porque em algumas eu estou fazendo, e aí não penso em nada!

Prefiro homens que dizem “estou a fim de ficar com você, mas não é amor ainda, nem prometo que será” aos que já chegam dizendo que me amam profundamente.

Não gosto de novelas nem de filmes muito melosos. Mas sou romântica!

Sou atrapalhada, indecisa, desorganizada com meu tempo, sincera, leal e honesta.

Adoro chocolate e sou viciada em Suflair; viciada em café também; amo vinho no frio, cerveja no calor, suco natural sempre; sopas a noite; queijo e todo tipo de laticínios; música o tempo todo; violão, cantar, escrever, ler, família reunida; minha família toda, que é maravilhosa; computador e celular, as serras de Minas, viajar, dançar, dormir abraçadinha ou segurando as mãos; peito masculino pra recostar; andar de mãos dadas, ser professora; lavar os cabelos e sair com eles molhados; cozinhar, pessoas sorridentes; saber que fiz uma grande economia numa compra; sussurros no meu ouvido; beijo no pescoço, aliás, beijo de todo jeito; abraços; andar descalça; sentar na grama; namorar numa rede; edredons e travesseiros; sinceridade e lealdade; tocar os cabelos da minha mãe e sentir sua maciez e seu perfume; ouvir a risada do meu pai; receber mensagens no celular; receber telefonemas; comentários no blog (rsrs), não ter que digitar caracteres quando vou comentar nos blogs dos amigos; receber atenção no msn; sentir que sou querida e que minha presença é desejada.


E eu? Quem sou eu? Como me classificaram?
Deram-me um número? Sinto-me numerificada
e toda apertada. Mal caibo dentro de mim.
Eu sou um euzinho muito mixa.
Mas com certa classe...
(Clarice Lispector - Pra não esquecer)


^^

Hélia

(Quero dizer aqui que fiquei maravilhada com a atenção de vocês, amigos blogueiros – e quero dizer AMIGOS mesmo! Pois assim se mostraram... A minha postagem relatando a apreensão e preocupação com a saúde dos meus filhos foi a que mais recebeu comentários em menos tempo! E cada comentário mais carinhoso e acolhedeor que o outro! Fiquei profundamente FELIZ com esse carinho e digo que tudo o que tenho vivenciado nessa nova caminhada – como blogueira, há menos de 4 meses – tem superado e muito todas as minhas expectativas!! Vocês são, realmente, muito importantes para mim!! ^^)

20 comentários:

Max Psycho disse...

menina eu te adoro demais, um beijo bem grande pra ti meu anjo

Flor disse...

Helinha, você é linda!
Em algumas coisas muito parecida comigo.

Namorar na rede deve ser o máximo rsrsrsrsrsrsrs.
Ah também adoro receber coments nos meus posts e outras coisas mais.

Cê sabe? gosto de você messssssmo!

Beijinhos
Flor

Sandra disse...

TEM MUITA COISA EM COMUM COMIGO TAMBÉM.
PARABÉNS. É SÓ ASSIM, QUE CONSEGUIMOS CONHECER UM POUQUINHO, MAIS UM DO OUTRO.
PARABÉNS.

FICO FELIZ QUE TENHA ACEITADO A PARTICIPAR DA BRINCADEIRA, CARINHOSA DO BLOG.
VIM BUSCAR O ENDEREÇO PARA POSTAR NA LISTA.
COM MUITO CARINHO
SANDRA

Alma inquieta disse...

Helinha,

tu gostas das coisas boas da vida.
Como é bom um abraço!
Como é bom um filho dizer-nos "és a melhor mãe do mundo!"
Para mim, como agradecimento, basta-me um sorriso no olhar!

Mas como é bom ouvir aquilo que pode ser dito de várias formas "amo-te", "je t´aime" ou "te quiero"!

Um beijo.

meus instantes e momentos disse...

um beijo pra vc, eu gosto daqui.
Maurizio

Codinome Beija-Flor disse...

Hélia,
Um post gostoso de ler.
Adoro ver fotos, pois vamos vendo as nossas mudanças.
Bj

Alvaro Oliveira disse...

Olá Helinha

Amiga, eu usava quase a totalidade deste texto, para escrever minha biografia. Me surpreendeu. Adorei.

Beijinhos

Alvaro

Janeth disse...

Helinha amiga, que bueno es conocer un poquito mas de ti, eres una persona maravillosa y llena de cosas bonitas
Besitos miles
Janeth

Ava disse...

Um pouco? rs

Vc foi generosa ao semostrar, ao se descrever...

Uma criaturinha linda, que encanta essa blogosfera...rs


Adorei a citação da Clarice...


Beijos!

Ana Maria disse...

Pelos comentários e pelas postagens, vejo que vc é bastante atenciosa e gosta do que é belo. Sempre deixando maravilhas nos meus blogs.
Um ótimo feriado e beijinhos!

Austeriana disse...

Helinha,
Há um prémio para o «Essencial», no «bichocarpinteiro»! Parabéns!

Dalinha Catunda disse...

Olá Helinha,
Você traduz, tanta sinceridade é tão envolvente, que é dificil não gostar de você, amiga.
Carinhosamente,
Dalinha

Flor disse...

Querida estive à sua espera e você não apareceu.
Tenho um presente para si no meu blogue na página SALA DE MUSICA E PREMIOS.

Beijinhos
Flor

Andreia disse...

Helinha meu anjo, como és encantadora! E tenho que dizer que realmente temos muito em comum, rsrsrs
Só não namoro na rede, fico tonta acredita! Desde pequena não posso me balançar muito que fico tonta e enjoada, balanço de parque, nem pensar, rede menos ainda!
Ter sua amizade me deixa muito feliz! Você é linda de alma.
Beijinhos carinhosos para ti e os pimpolhos...

Sandra disse...

NÃO ESQUEÇA DE VIM COMER O BOLO.
SANDRA

Mari Amorim disse...

Vim juntar me a vc para aplaudir esta festa,do blog curiosa e encontrei esse post maravilhoso,Parabéns
Boas energias
bjus
Mari

Barbara disse...

Não, não uma blogueira há 4 meses.
Um SOL.
A estender raios valorosos.

Rosi disse...

Helinha
Quantos pontos em comum e quantos totalmente ao contrário, mas o que seria do azul se todos gostassem só do verde?
Realmente não dá para namorar na rede, assim como disseram nos comentários, eu tb fico tonta, rssssss, ou será que tenho essa tendência?
Um abraço

Anônimo disse...

Helinha, preciso voltar outras vezes, para melhor sentir tudo aqui...Sentir devagar o efeito de cada palavra, cada externalização enfim. Rico o trabalho que apresenta. Parabéns.
Wanderley

Rosi disse...

Passei só para avisar que, como de costume, hoje lá no Mundinho tem entrevista especial. Passa lá.

Um ótimo final de semana.