sexta-feira, 30 de julho de 2010

Um elogio ao amor nas entrelinhas...


Tenho uma ótima relação com as palavras... Gosto demais delas, valorizo, respeito... tomo um cuidado enorme!! Não me canso dessas minhas companheiras quase constantes (acho que elas é que devem se cansar de mim... rsrs)!!


Mas há momentos em que elas me fogem... minhas companheiras, as palavras...


É quando alguém consegue tocar tão fundo em meu coração, que não há palavras que sejam suficientes para explicar a essa pessoa tudo o que ela representa em minha vida... Nesses momentos, o coração fica tão repleto de felicidade, que ele não a comporta... e ela, a felicidade, transborda pelos olhos! Sim... lágrimas de felicidade...


Foi assim que me senti hoje, ao abrir meu email e deparar com essa demonstração de amizade linda, da minha amiga Tatiana Kielberman...


Diante disso, dizer o que?


Só posso dizer, com o coração aquecido de felicidade e olhos cheios de lágrimas (felizes!)... nas entrelinhas, em letras miúdas, graúdas... ou gritando aos quatro ventos... onde a amizade nos faz voar:


Amo você também, minha amiga querida! Obrigada por sua amizade!


Meu coração, hoje, bate assim:


Ta-ty... Ta-ty... Ta-ty... rsrs


(Sabe, minha linda... não há amizade sem interesse... A nossa amizade tem um interesse, eu sei! O único interesse é ser feliz, fazendo a amiga feliz... ^^)


Leiam... e sintam...


 Minha querida Helinha,

Desejo que você esteja em paz e com saúde. Em um primeiro momento, fiquei receosa por escrever algo direcionado ao seu blog sem pedir autorização. Contudo, como sei que seu coração é grandioso e sua paciência maior ainda, não me contentei em simplesmente manter esses sentimentos todos dentro de mim.

Você me ensina todos os dias o quanto é importante dizer o que se sente àqueles que amamos, não é? Por isso hoje estou aqui.

Na verdade, meu objetivo nada mais é do que fazer um elogio à sincronia que temos: saudar a pessoa que você é e também a que me tornei após ter te encontrado.

Sabe, Helinha, na passagem pela vida surgem pessoas muito únicas que, quando realmente adentram o nosso coração, não têm mais como ir embora. São aquelas que, mesmo à distância, temos vontade de abraçar, cuidar, acarinhar, proteger... É algo maior que amor de amigo e completamente diferente do amor sensual, pois foge de regras e é isento de tabus ou venenos.

E esse sentimento sem nome nasceu, em primeira instância, por sua causa... Você se lembra?  Eu estava quietinha no meu canto, lá no P&V, quando de repente você veio até mim, passou a comentar meus textos e bateu à porta do meu coração. Quis me conhecer, compreender minha angústias e se tornar muito mais do que uma colega de prosa.

Eu agradeci por este momento, mas só muito mais tarde pude compreender a imensidão do que estava se criando. Você me incentivou a fazer leituras de forma mais profunda – não apenas dos textos, mas também da alma de quem estivesse escrevendo. Você acreditou em mim muito antes que eu te contasse “pelas beiradas” quem eu realmente era e, mesmo sabendo que ainda havia muito para conhecer, simplesmente quis investir nessa amizade.

Com a pureza de uma criança e, ao mesmo tempo, a leveza de um adulto, foi me cativando - e não só a mim, mas a todos os outros em sua volta. Você encanta e seduz de maneira fiel cada ser que aparece em seu caminho, sem restrições, sem fronteiras. Sabe se proteger, sim, mas até mesmo para os mais frágeis você não tem medo de oferecer uma boa dose de seu amor.  

Você me ensinou que é possível demonstrar sentimentos vivos e potentes, inclusive no mundo virtual. Demonstrou pelo exemplo que não se pode medir forças quando alguém precisa do nosso carinho – e que esse carinho, se for verdadeiro, pode ser a cura para muitas doenças.

O seu amor não pede nada em troca, Helinha, e é justamente por isso que todos te amam tanto! Você ama pura e plenamente, com atenção, carinho e cumplicidade.

Mas talvez o que eu mais admire em você seja a sua capacidade de saber exatamente a quem e como amar. Você vai direto ao ponto, é sincera, coerente – não se perde nunca nas entrelinhas, pois as dribla sempre com ousadia.

E você não ama apenas as pessoas... Ama a natureza, ama seus objetos de estimação, ama os animais, ama os momentos de cada dia!

Quando você fala em pão de queijo, é como se pudéssemos sentir o gosto e o aroma dessa delícia...
Quando conta sobre suas horas gostosas de sono, todos têm vontade de dormir e experimentar a mesma sensação...
Quando narra o amor que sente por sua família, transmite a cada um a imensa vontade de também ter alguém para amar...

E quando você fala em perfeição, anjos, fadas e gnomos, apenas uma imagem surge em nossa mente...... a sua!

Minha querida, garanto a você que o sentimento presente em meu coração é muito maior do que tudo o que pude expressar nessa homenagem. Mas como você gosta de letras, aprecia o canto vindo de dentro e, principalmente, é fã de manuais, cá está um pequeno “manual” sobre como amar a Helinha do fundo da alma!

Amo você demais, hoje e sempre, amiga!

Um beijo carinhoso, minha “língua má” favorita!

Tatiana Kielberman
28/07/2010




Sempre... e depois de sempre...


^^


Hélia

21 comentários:

Suzana Martins disse...

O que dizer nesses momentos onde o silêncio e o abraço são os melhores companheiros?!!

Lindo, lindo e lindo!

A amizade é isso, amor explícito, amor cantarolado, amor em palavras, versos, em abraços sorrisos e principalmente SENTIMENTALIDADES!!!

Lindo e emocionante demais, meninas!!!

Beijos

Silvana Villas-Boas disse...

Ah, Taty!

Me enterneço cada vez que leio um texto seu. Expressam tanta ternura, tanta sensibilidade e emoção. Me sinto uma mulher de sorte por conhecer pessoas tao lindas como vc, a Suzana, Sandra,tua xará Taiana Lanetzki e todos os amigos sinceros do Arte&Cultura. Cada vez mais te amo sem reservas e limites.
Parabéns texto super lindo.
Bjussss
Sil

Alma Inquieta disse...

Oh Helinha, que lindo!

Tu mereces isso tudo, porque és uma pessoa linda!

Tenho muitas saudades tuas.

Oxalá estejas bem!

Um beijo enorme e que tenhas um excelente final de semana.

João Poeta disse...

Ah, maravilha!
Receber uma homenagem assim, partida do coração, dos recônditos da alma, deve ser tão gratificante quanto receber o doce carinho de uma criança, na pureza da sua inocência.
Não há distâncias capazes de separar os laços de amizade próprios da afinidade das almas.
Encantado!
Que bom que estive aqui para compatilhar desses momentos de aprendizado, sentindo a esperança de acreditar que ainda existem pessoas maravilhosas, a exemplo de voces duas.
Parabéns pelo post.
Abraços.
João

Mônica disse...

Que delícia visitar seu blog, ler seus textos e suas poesias! É uma forma de acessar a energia feminina que todas nós compartilhamos misteriosamente!

Beijo.

Alma Inquieta disse...

Olá minha linda!

No meu blog e no do Sergio tem uma entrada conjunta em homenagem ao teu lindo país. É também uma homenagem aos queridos Amigos que aí temos e tu fazes parte deles.
Oxalá te agrade!

Um beijo enorme e que estejas bem.

Blog do Land.Nick disse...

É desse tipo de amizade que o mundo precisa! Se um dia pudermos declarar nossa amizade para os amigos, como a Tati fez com a Hélia, com certeza teremos feito um mundo melhor!

Patrícia Garcia disse...

Ah que texto, estou arrepiada aqui.

Hélia e Taty amo tanto vocês que nem sei descrever.

Parabéns para as duas que sempre me deixam sem palavras.

Beijos

Patrícia Garcia disse...

Ah que texto, estou arrepiada aqui.

Hélia e Taty amo tanto vocês que nem sei descrever.

Parabéns para as duas que sempre me deixam sem palavras.

Beijos

Joakim Antonio disse...

Poderia dizer muitas coisas, mas o email já disse tudo.

Você merece tudo de bom Helinha.

Parabéns!

Tatiana Kielberman disse...

A Helinha é tudo de bom mesmo, né gente?

Não há nem o que dizer!!

Minha amiga, muito obrigada por ter aceito minha tão singela homenagem, com apreço e sua postura tão especial de sempre!

Sou muito feliz por ter te encontrado... isso é o mínimo que você merece!

Um beijo muito grande, da amiga "perversa" (no bom sentido...)!!!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Helinha querida!!

...e ainda dizem que estes contatos na internet são "virtuais",ou seja ,nao existem de fato...

O que dizer depois de ler esta declaração de amizade?

Lindo,maravilhoso e reconfortante!

Deus as abençoe!

Um beijo para cada uma..Sonia Regina.

Amiga do Cafa ( Celamar ) disse...

Faz um bem enorme "amizades" como essa. A amizade é um dos sentimentos mais belos e é importante cultivá-la.
Acontece mesmo : Por vezes o sentimento é tão intenso que palavras não conseguem defini-lo.
Beijão

Simara **(Plantão da beleza)** disse...

Oi linda amei seu blog ta lindo já estou seguindo viu, faz uma visitinha no meu ai se você gostar me segue também ta, beijão simara
http://plantaodabeleza.blogspot.com/

São disse...

A amizade é a mais pura maneira de viver o amor, eu acho.

Um abraço amigo.

Lua Nova disse...

Bem, que dizer depois de tudo que lí e que foi escrito por uma pessoa guiada pela sinceridade de um amor expontâneo? Parabéns por ser capaz de inspirá-lo, parabéns Taty por sua alma generosa capaz de retribui-lo e revelá-lo sem temores. O amor, quando brota do círculo natural da vida, é o elemento que compõe e estrutura a felicidade. Vc, Helinha, ofereceu carinho e atenção e a vida lhe devolveu amor.

Que essa amizade dure pra sempre e faça as duas crescerem.
Helinha, que bom que vc me deu a oportunidade de conhecê-la.
Espero que apareça sempre lá no Chocolate.
Beijokas e uma linda semana.
Seguindo...

Carmen Eugenio disse...

Que lindo e profundo!!

Vocês são pessoas encantadoras, maravilhosas e sensíveis, que nos proporcionam imensa alegria ao ler suas preciosas palavras!!!

Com amor

Carmen

Olívia Comparato disse...

O seu blog está lindo! Essencial!
Bj grande

Rafael Ceciliano disse...

Venho te convidar para visitar o blog RAIO-X, que está renascendoo...'

Depois de algum tempo sem postagens, ele retorna com um layout completamente novo e reformulado. Novo menu, links para redes sociais e muitas novidades.

ESPERO SUA VISITA...

Abraços,
Rafael Ceciliano.

Poupée Amélie™ disse...

Olá! Achei seu blog 'xeretando' o blog da Suzana Martins.
Gostei! Sigo!
BjO*

Austeriana disse...

Venho deixar-lhe os meus votos de um Natal feliz e de um Ano Novo cheio de alegrias!

Abraço