segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

A espera...


Agora que falta bem pouco para você chegar, o relógio me parece tão cruel!

As horas se arrastam, o tempo não passa e o meu coração se acelera num ritmo descompassado...

Meus olhos apreensivos seguem os ponteiros e minha mente ansiosa segue o caminho doloroso dos quilômetros que nos separam - e que, pra minha extrema alegria, vão diminuindo enquanto passam os minutos!

Desvio os olhos, e quando os fecho sinto seu cheiro, que me invade, me desnorteia... Quase posso sentir o calor do seu corpo... e como anseio por isso!

(Está chegando, meu amor, o momento de me sentir em seus braços, de sentir seu abraço...)

Há tanto para dizer, tanta coisa que quero lhe falar!

E, no entanto, sei que no instante em que nos tocarmos tudo que farei é colar e calar sua boca com a minha... num silêncio que preencherá todos os espaços!

^^

Hélia

13 comentários:

Xanele disse...

Silêncio delicioso
bjsss Amore

Nanda Assis disse...

esse momento é magico, aproveitee.

bjosss...

Sandra Cajado disse...

E, no entanto, sei que no instante em que nos tocarmos tudo que farei é colar e calar sua boca com a minha... num silêncio que preencherá todos os espaços!

Ah querida que lindo!!

Fã dos seus escritos você já sabe que eu sou!

Adorei o texto,uma verdadeira viajem!

Beijos

Vallaccis disse...

Fantástico... Queria ser compositor pra colocar uma melodia bem bonita aí

Alvaro Oliveira disse...

Olá Helinha

Belissima espera!
Sempre acontece quando se aproxima a chegada, a espera parece mais longa. Mas sempre o tempo vai correndo e a espera reduzindo.
É bom ler neste seu espaço.
Adoro!

Beijinhos

Alvaro

romantic disse...

oi amiga saudades!
amei este texto vim lhe ver ,td bem ?
bjinhos pra vc!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Lindo!!!

Como dizem por aí:O amor é mesmo liiindo!!!

Um beijo e continue com toda esta paixão!

Um beijo!

Sonia Regina.

Mari disse...

'As mais lindas palavras de amor são ditas no silêncio de um olhar...'

Lô Borges é maravilhoso!

Adoro todas as músicas!

Ouvindo: A Olho Nu

Barbara disse...

Bons viveres...

Franzé Oliveira disse...

Que chegue seu amor.

Beijos no coração.

Fragmentos de mim... disse...

Conseguiu colocar no papel o q mtas mulheres sentem e nao sabem expressar. Parabens amiga, vc tem mto talento!!!

Gente Fina disse...

O relógio é poético e torturante,
ante cada volta, um suspiro.
Vale a saudade e a vontade,
o sonho, o desejo e o risco.
O silêncio que precede o beijo,
um olhar que me grita na alma,
um calor percorrendo o tempo,
uma vida que passa na palma.
Segue o tempo passando solene,
virtuoso, profundo e nefasto,
em minhas mãos, tuas mãos e o beijo,
atormentam a paz de um casto.
Segue o mundo girando a mercê
de uma emoção que não se sabe se viverá,
Vive agora num anjo e na maldade,
mesmo que sumá, jamais morrerá.

Tatiana Kielberman disse...

É...

Quando vislumbramos a presença da pessoa amada, o silêncio torna-se nosso grande mestre!

"Eu vou ficar esperando você numa tarde cinzenta de inverno, bem no meio duma praça... Então, os meus braços não vão ser suficientes para abraçar você e a minha voz vai querer dizer tanta, mas tanta coisa, que eu vou ficar calada um tempo enorme, só olhando você..."

Talvez seja assim... então, que seja breve!

Beijos, com amor!