sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Despedida...

"A razão pela qual dói tanto nos separarmos é porque as nossas almas estão ligadas. Talvez sempre tenham sido assim e para sempre serão. Talvez, tenhamos vivido mil vidas antes desta, e em todas elas tenhamos nos encontrado. E, talvez, em cada uma delas tenhamos sido obrigados a nos separar pelos mesmos motivos. Isso significa que esta despedida é, ao mesmo tempo, um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio do que virá.

Quando olho para você, vejo a sua beleza e seu encanto e sei que ficaram mais fortes a cada vida que você viveu. E sei que passei todas as vidas, antes desta, procurando você. Não alguém como você, mas você, porque a sua alma e a minha têm de estar sempre juntas. E assim, por alguma razão que nenhum de nós dois entende, fomos forçados a dizer adeus.

Eu adoraria dizer que tudo vai dar certo para nós, e prometo fazer tudo que eu puder para que isso aconteça. Mas se não voltarmos a nos encontrar, e se isto for verdadeiramente uma despedida, sei que nos veremos em outra vida. Nós nos encontraremos de novo, e talvez até lá as estrelas tenham mudado, e então nós nos amaremos, não só naquele momento, mas por todas as vidas que tivemos antes."
(Nicholas Sparks - "Diário de uma Paixão")


[Publcado, originalmente, no facebook --> http://www.facebook.com/heliabh ]

^^

Hélia

13 comentários:

Cadinho RoCo disse...

A vida é uma só companheiro... (Vinícius de Moraes)
Cadinho RoCo

Andre Martin disse...

É verdade!
Para se separar, é preciso estar junto!
E para juntar, é preciso estar separado!

Mas isto ainda não explicar por que
"tudo junto" se escreve "separadamente", e
"separadamente" se escreve "tudo junto"...

✿ chica disse...

Puxa, lindo e emocionante texto e quando se fala em separação ,sempre mexe mais conosco... beijos,chica e lindo fds!

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Helinha...

Obrigado pelas palavras lá no Verseiro...
Bonito o conteudo do texto aqui...palavras e sentimentos
Algumas separações podem ser apenas na forma fisica, mas não de alma
Quando isso acontece é porque o sentimento é verdadeiro
Um abraço na alma
Bjo

Everson Russo disse...

Toda despedida é sempre dolorido momento de se viver...beijos de bom final de semana pra ti amiga...

Anne Lieri disse...

Helinha,que docura de texto escolheu!O amor quando é amor,nunca se separa realmente!Bjs,

Vera Lúcia disse...

Oi Helinha,
O texto é lindo e tocante!
Um amor resultante de um encontro de almas é sempre doloroso no momento de uma separação imposta pela vida.
Mas o reencontro sempre será possível, através de outras vidas.
Tenha um ótimo final de semana.
Beijos.

Vanuza Pantaleão disse...

Helinha, amiga minha!

Cadinho citou Vinícius e Vinícius tinha todas as razões para falar de Amor, do eterno e infinito Amor.
Obrigada por teu carinho, amiga!
Um doce final de semana!Muitos beijinhos...

Pelos caminhos da vida. disse...

Toda despedida vem seguida de dor, deixemos essa dor de lado e vamos falar de coisas boas amiga:

Hoje é o Dia Nacional Do Sorriso.

Sorria...

Sorrir abre caminhos,
desarma os mal-humorados, contamina.
Mas sorria com a alma,
não apenas com os lábios.

Bom domingo para vc Deka.

beijooo.

Sonia Pallone disse...

Helinha querida, vc extraiu um dos trechos mais lindos desse livro maravilhoso! Adorei, reler...Obrigada pelo carinho no Solidão. Sua presença é luz e encantamento. Bjs.

Luna Sanchez disse...

Dizem que, numa separação, grande parte do sofrimento se dá porque sentimos falta de quem éramos quando par.

Concordo.

Um beijo.

Tatiana Kielberman disse...

Eu demorei, mas cheguei!!

Achou que eu nem viesse mais, né Dona Helinha?

Na verdade, li a postagem na madrugada-manhã em que foi publicada, na sexta-feira... Mas nem sempre consigo comentar na mesma hora, então volto com mais calma depois!

Bem, cá estou eu... Despedidas? Confesso que até hoje não aprendi a lidar com elas... Nem sei se um dia, de fato, conseguirei aprender.

Fica sempre uma tatuagem, um vazio, uma lacuna... E, não importa quem chegue depois, nunca o mesmo espaço é preenchido. Ele fica sempre lá, me fazendo lembrar de que a pessoa existiu e deixou marcas profundas em mim!

Esse livro é maravilhoso e o trecho escolhido é fantástico!!

Claro, só poderia ser você, mesmo... ^^

Vamos desejar menos partidas e mais chegadas em nossos mundos? É tudo que a gente merece!!

Amo você!

Um beijo carinhoso!

Liza Leal disse...

Texto tocante...
Adorei!

=)
bjo