segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Aquelas palavras...


Escolhi cuidadosamente
as palavras pra te dizer
porque, como você sabe muito bem,
[ou pelo menos deveria saber depois
de tanto tempo convivendo com
as minhas alternâncias]
eu tenho a estranha mania de
planejar tudo o que quero dizer
e depois falar tudo bem diferente
do que pretendia.
Especialmente quando se trata de você.

Então, deixa eu falar
antes que o vinho, o frio
ou essa carência repentina
produzam algum efeito.
Queria que fossem as últimas
palavras que você ouvisse de mim.
Escuta, vem cá, deixa eu te dizer
assim colada
no seu ouvido:
te amo.

^^

Hélia Barbosa

16 comentários:

Tatiana Kielberman disse...

Oba!!

Cheguei pra comentar primeiro... rsrs... Momento "criança feliz"!

Tá vendo como os últimos sempre serão os primeiros? Cheguei bem depois no outro post, mas vou inaugurar esse aqui...

Bom, vamos ao que interessa? Hoje estou com essa mania de "conversar" nos comentários, está engraçado! rsrs...

Que lindooooooooooo! Sejam essas palavras as últimas ou as primeiras, quem não gostaria de ouvi-las em algum momento da vida?

O "eu te amo" tem todo um contexto especial, parece englobar a completude do que se sente, pensa e vislumbra... Nada mais faz-se necessário depois dessas três palavrinhas!

E, com certeza, elas são a melhor lembrança que podemos guardar de alguém que foi ou nos é querido...

Sensibilidade que vem da sua alma e se espalha em nosso olhar, Helinha!!

Amo, amo, amo passar por aqui... é sempre um alimento único para o dia!

Um beijo enorme! "Eu te amo!"

Vera Lúcia disse...

Olá Helinha,
Quando ensaiamos para dizer algo perdemos tempo,né? As palavras sempre são expressadas de outra forma.
Seu texto é lindo e delicado.
Beijos.

Elcio Tuiribepi disse...

Oi amiga...as vezes é bom ensaiar sim...mas as vezes não adianta muito, na hora do vamos ver as palvras saem direto do coração e aí...bom...nem preciso dizer mais nada...rs...parbéns pelo poema
Um abraço na alma
Bjo

✿ chica disse...

Lindo demais!É bom falar isso,não? beijos,chica

Everson Russo disse...

E essas palavras quando se unem realmente tem muita força...beijos de bom dia pra ti.

Anne Lieri disse...

Ai Helinha!Está de suspirar sua poesia!Um encanto de amor!Bjs,

Luna Sanchez disse...

Oooooooooooow...mas que lindeza, Helinha!

=D

Eu também gosto de planejar e, em alguns casos, até ensaiar o que direi mas quando a emoção me toma, saio do roteiro.

Adorei, achei muito doce e belo.

Um beijo grande.

Vanuza Pantaleão disse...

Falar "te amo" dentro do ouvidinho de quem se ama é demais, né Helinha?!!!
Daqui a pouco vou falar e beijar meu maridinho que já está chegando do trabalho [risos].
Amiga, obrigada mesmo por sua visita ao Matagal! Beijinhos...

A Escafandrista disse...

Surpreendeu, Helinha... achei que era um texto de despedida.. muito bonito. Bjs.

José María Souza Costa disse...

Helininha, voce faz um postagem avassaladora. Maravilhosa. Parabens e bom fim de semana. Vim agradecer por ter enobrecido o meu blogue com o seu comentário Belissimo
abraços querida

Sonhadora disse...

Minha querida

Passando para agradecer a visita...e gostei daqui e estou seguindo para voltar com mais calma.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Andre Martin disse...

Eu também acredito que palavras podem e devem ser escolhidas cuidadosamente, para dizer alguma coisa importante...

E concordo que na hora de dizer importantes, sempre atravessamos o samba, nada sai de acordo, muito deixa de ser dito (embora intencionado), e o que chegou a ser, muito é interpretado diferentemente.

Comunicação é complicado!
Talvez a única coisa em COMum, sejá um COM...

Andre Martin disse...

À propósito, sobre palavras e interpretações, também postei algo sobre isto:
http://tremusdamivi.blogspot.com/2011/11/quem-nao-quer-ouvir.html

Ana Maria disse...

Olá menina, que bom te encontrar nos meus blogs. Amei suas visitas. Siga-me no Twitter: @annamarianny
Beijinhos de luz. Amei suas poesias. Qualquer momento venho buscar algumas para postar no meu blog.Ok? Obrigada!

Sonia Pallone disse...

Pra que escolher outras palavras, se o "eu te amo" é tudo o que alguém quer e precisa ouvir? Basta que seja sincero, o resto...o tempo escreve e diz!!! Bjs querida, adorei sua visita no Solidão!!

marciagrega disse...

E quem não gosta de ouvir um "eu te amo"?
o amor é tudo na vida das pessoas!
Beijão!
Ha!, tava esquecendo...

Tinha um blog de testes que resolvi recauchutar e lá
eu guardo todos os meus escritos e experiências com
poemagens, etc..
Ainda não está totalmente finalizado, mas ficaria encantada
com sua presença!
http://coisasminhas-escritas.blogspot.com/#