sábado, 26 de junho de 2010

Saudade...


(...)

Hoje eu tenho saudade do amanhã…

Tenho saudade imensa
Dos instantes em que não estarei ao seu lado…

Saudade das nossas conversas
Do som da sua voz…
Da sua risada gostosa…
- E das risadas que você arranca de mim!
Saudade do seu cheiro, do seu abraço, do seu beijo…
Do seu jeito de me amar…
Do seu jeito de me enlouquecer
De me tirar o juízo…
- Do prazer que só você me proporciona!
(...)

Quer ler o texto completo? Conheça minha coluna Doce Inquietude, no lindoooo site Sandra Cajado Arte e Cultura... E leia o meu texto sobre a Saudade!!

Visite, leia e deixe um comentário LÁ TAMBÉM... No A&C!!!


Ficarei muito feliz! Muito mesmo!

Clique bem AQUI... --> Saudade...

^^

Hélia

20 comentários:

Nanda Assis disse...

eu morro e vivo de saudades.

bjosss...


0000000000000000000000000
0000*****0000000*****0000
00*********000*********00
0***********0***********0
0***********************0
0***********************0
00*********Bjo**********0
000*******************000
00000***************00000
0000000***********0000000
0000000000*****0000000000
000000000000*000000000000
0000000000000000000000000

Andreia disse...

Oi lindinha,
que saudades também!!!
Ando correndo mesmo, rsrsrsr
Obrigada pelas doces palavras Helinha, como estão seus lindos filhos?
Ando estudando muito e por isto ando ausênte, mas você mora no meu coração, és muito especial querida.
beijoooo na alma....

Max Psycho disse...

Saudade machuca a qualquer hora e em qualquer pessoa

Everson Russo disse...

Saudade é sentimento que vem,,,fica,,,nos deixa desejosos de alguma coisa,,,,sempre teremos pela vida,,beijos de otima semana.

E.Suruba disse...

odeio saudade, queria que todo mundo ficasse perto sempre :(

Barbara disse...

É Helinha.
Mas no miolo de toda saudade, o que a gente parece ter, é saudade do que a gente era, é ou será.
No miolo, Helinha.
Mulher solar.

MEUS POEMAS disse...

Oi amiguinha, que bom que me visitou e deu sua opinião!
Eu amei seus poemas e tb tudo que diz respeito as saudades que são tantas....!!!!
Muito obrigada, virei sempre!
Bjs da Gena

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Oiê, querida! Lindo poema! Mas, ao meu vi.ver, saudade do futuro, nem morta, porque ainda não chegou, ainda não se viveu o que se quer. É preciso oonstruir o próprio futuro, sempre no Hoje. Carpe Diem!!! Click aqui, oh? Cliquei e se me permitir mandar-lhe um artigo meu sobre *Saudade* em várias em culturas e respectivos idiomas, eu o faço, com prazer.
Mas pra quê tudo isso? Desordem
emocional, colapso mental da Loira?
Sabe tão bem amá-la, Helinha, Sol que aquece meus dias**********

"Sabe tão bem...
Quando o silêncio da noite vem a cair
Haver nos olhos o brilho da felicidade
Haver alguém a nosso lado para amar.

Sabe tão bem...
Fazer Amor e aninhado ficar a sonhar
Que voamos sobre as luzes da cidade
Tendo o céu para desvendar e colorir.

Sabe tão bem...
Puxar os lençóis para sentir outro calor
Mover o corpo no sentido de encontrar
O apelo do desejo que o sono engana.

Sabe tão bem...
Deixar correr o pensamento que emana
E nesse momento saber onde procurar
Tudo o que é preciso para viver o Amor.

Sabe tão bem...
Adormecer com uma esperança já definida
No sorriso que em nossa boca aflora o dia
Ciente que o amanhã virá com a verdade.

Sabe tão bem...
Por fim haver a força que faz da realidade
Uma passagem para ir feliz na companhia
De tudo o que sabe tão bem em nossa vida.

F. Corte Real

Beijos amore*
Tudo de bom!
Muito obrigada per due*

ESPERANÇA disse...

Obrigada pela visita e pelo carinho! Beijos!que lindo amiga amei

JAMES disse...

Obrigado pela visita e pelo comentário....lindo trabalho!!
Já estou com saudades, hehehe! bjs do amigo Zé!!!!!

João Poeta disse...

Ah, foi a saudade de ler belo poema que me fez vir aqui, pois estou com saudades do tempo em que eu tinha mais tempo para aproveitar mais esses espaços maravilhosos, que encanta a nós leitores sedentos de novas emoções. Às vêzes é preciso que alguém nos toque de forma carinhosa para sairmos do comodismo. Que os encontros sejam eternos enquanto dure, e que o sol da manhã seja o penúncio de novas alegrias que guardaremos com muito amor no quadro da memória e no cofre do coração.
Grande abraço.
João

Everson Russo disse...

Um super beijo de otima semana pra ti amiga....

silvioafonso disse...

.

Eu não quero fazer parte da tua
saudade, do teu pranto nas
madrugadas frias de uma segunda-
feira.
Eu quero ser o seu presente de
todos os dias. O sorriso anunciando
a alegria e a tranquilidade do teu
sono num outono, perfumado, como
as frutas resplandecem coloridas.

silvioafonso.


.

Alma Inquieta disse...

Que saudades Helinha!

Não imaginas como me alegro que tenhas regressado. Vai fazer-te bem!

Tens no meu blog uma entrada referente à amizade entre pessoas de diferentes países e, se quiseres, um selo referente à mesma, que foi criado pensando em alguém como tu, pois, ainda que não te conheça pessoalmente, considero-te minha Amiga.

Um beijo enorme e desejo-te uma excelente semana.

Alma Inquieta disse...

Ahh Helinha,

já agora, convido-te a visitar o blog do Serpai, o meu amigo com quem fiz uma entrada conjunta.

Vais adorar, é um prodígio na escrita.

http://serpai-acerca-de.blogspot.com/

Depois diz-me o que te pareceu...:=)

Beijos.

MEUS PENSAMENTOS disse...

estava com saudades que bom que apareceu viu vc sumiu tanto que ate mudei meu visual e do blog ,bjs! no some no ok?

Lucas disse...

Nossa texto super bem comentado o site bem feito parabenssss adorei o poema

Cadinho RoCo disse...

Nesta dança do tempo em nós eis que nos perdemos entre futuro e passado, presente sempre presente.
Cadinho RoCo

Déia disse...

Aiii saudadeeee...como dói, como faz a gente fantasiar...cantar, chorar, calar...

Bjs

Tatiana Kielberman disse...

"And I miss you, like the deserts miss the rain..."

Saudade não se explica... E, ainda que a gente tente definí-la em palavras, só quem sente sabe a dimensão que ela tem!

Eu sigo os dias redescobrindo diferentes saudades, principalmente por meio das suas palavras...

"E é só você que tem a cura pro meu vício de insistir nessa saudade que eu sinto de tudo que eu ainda não vi..."

Beijos, linda!
Esse seu texto é maravilhoooooso!!